sexta-feira, janeiro 08, 2016

@

"E isto te parece estranho
por isso essa palavra
uma só, nada desajeitada de tamanho certo
a palavra em laço
onde embrulhaste o mundo
e eu digo-te nas tuas palavras
que hão-de ser líquidas um dia
que o amor é tudo o que existe
não é tudo o que sabemos do amor"

£££££££££££££££££££££££££££££££££££££££££££££££

"O louco tem asas, o místico tem asas, o óbvio pode voar"


££££££££££££££££££££££££££££££££££££££££££££££££3

"os teus braços não são teus
são duas rezas minhas"

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@



"(...) 
devo ignorar noites de cidades gravadas nos pulsos
ser navio que cavalga
e ter milhares de portos para descarregar o mundo
cantar mais alto que a matéria sem vontade
soprar devagar onde escureça
e deixar que a luz oscile em cada olhar cruzado
sem o querer descruzar
devo ser feliz à desgarrada
operário de um só pulsar
e não denunciar os sinos"


Joana Espain
 in 
"Entanglement", (Textura Edições, 2015)