terça-feira, dezembro 27, 2011

Em cada partida uma pena

Em cada partida uma mão de aço


Em cada partida um dia no tempo


Em cada partida o balanço de uma saudade ainda morna






1 comentário:

Eu, Lu disse...

...em cada partida, uma promessa...Voltar logo..... porque a saudade é imensa