quarta-feira, junho 23, 2010

porto
taken by me _Porto


«


Sob a máscara que nos mascara, há estilhaços da realidade que nos ferem

1 comentário:

Eu, Lu disse...

E como é difícil tirar, uma a uma, as nossas máscaras! Não queremos mostrar nossos ferimentos, nossas feridas, quase sempre abertas e protegidas pelos rebocos......