sexta-feira, junho 30, 2006




pergunto se posso dizer o teu nome a uma flor
flor o teu nome sussurrado pétala a pétala
letra a letra uma flor desfolhada na terra.
.
[José Luís Peixoto] @ "A criança em ruínas"





*
*

Hoje tentei ver-te,ou só ver-te a ti através de outros, ou de outros através de ti
e sei que, quando falas, todas as línguas se entrelaçam e dão o sabor que procuro, nos teus lábios,
pelos teus lábios, pelo teu hálito ou por ti acima.E de quando é a hora do recordar
tudo se torna patéticamente real como um olhar de pássaro a adoçar a presa.
.
[ Lx mês de Junho ]

4 comentários:

[ CJT ] disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
blue kite disse...

Já li, já reli. Já voltei a ler. E já voltei a reler. Vou ter de interiorizar e depois comento...

Musician disse...

:)
E nunca desistas!
Beijoca*

intruso disse...

gostei muito das fotos...

e as palavras do J.L.Peixoto tocam-me sempre...

gostei do blog
volto...