domingo, fevereiro 05, 2006


Tenho um sorriso fechado
Na palma da minha mão
Sorriso que foi achado
Caído no meio do chão

Um sorriso que era vento
Desenrolado do azul
Em que as minhas velas pandas
Se enfunaram para o Sul
Rumo a qualquer fim do mundo

Uma ilha tropical
Onde o meu corpo confundo
Com vento, suor e sal
Era esse o teu sorriso
O sorriso que me davas
Onde os teus olhos nos meus
Eram dois potros com asas

À tua espera na praia
Fiquei pela tarde fora
No alto daquele rochedo
Onde um minuto é uma hora !

E não vi o teu sorriso
Surgir da areia ou do mar
Nem tive um porto de abrigo
Nem foste um barco a chegar

Se me dissestes que morreste
Não acredito! Não posso...
Andavas sempre comigo
E o teu sorriso era o nosso

Hoje guardo o teu sorriso
Fechado na minha mão
A contrastar com o siso
Que trago no coração


Luís Represas
in

Sorriso
.
.
#
Beliscou-me o olhar com ternura.
Disse apenas : _Amo-te e recostou-se no vão de uma palavra por dizer...
#




Foto de autor desconhecido

10 comentários:

Beguinha disse...

Gosto muito dessa canção dos Trovante... acho que fala de um sorriso triste e acho isso bonito. Que bom voltar aqui e haver novidades, bons espaços, boas palavras.

blue kite disse...

estava a ler as palavras do Luís Represas e a melodia surgiu logo na minha cabeça. Eu passei anos a gostar muito dos Trovante (mais do que propriamente o Represas) e esta canção e particularmente bonita. Bonita e sentida...

Bj grande

Rita disse...

tão tão saboroso

damadespadas disse...

São tantas as palavras que ficam por dizer e os sorrisos perdidos um dia. Os "amo-te", esses nunca se esquecem.
Um beijo entrelaçado num sorriso

da. disse...

..por dizer..às vezes fica uma palavra que o silêncio diz..

Musician disse...

Um dos posts mais bonitos que alguma vez! Derreteste-me o coraçao!
Um grande beijinho para ti*

rose disse...

"No sítio mais fundo do teu nome fala o que não se pode dizer..."

Eugénio de Andrade

BloodyMary disse...

Recostado no vão dessa palavra aguardou, sentindo um mar de horas mudas num minuto.

Sistermoonshine disse...

Quisera eu ter "um sorriso fechado na palma da minha mão" e pudesse eu abrir a mão, fazê-lo voar, libertar-se, oferecê-lo a alguém...

Anónimo disse...

Para quem gosta da música de Luís Represas e Trovante aqui vai o link de um blog de homenagem a quem muito fez pela música portuguesa:

www.chavedossonhos.blogspot.com