sábado, dezembro 17, 2005

"
[antes da palavra]

hesito muito antes da palavra
porque um precipício se abre nela
e não tem sentido, vibra apenas.
porque pode ser a morte
ou o nascimento para um lugar
de cores e fadas e barcos de sol.
porque me doem as maõs
cada vez que tento segurar
o mundo em traços redondos quadrados.

(...)



."







Vasco Gato
in
Um Mover de Mão
.

.
#
Hoje queria não ter tantas palavras para te caracterizar

#
de tantas que me disseste e de todas que quis perder

4 comentários:

Musician disse...

Gostei imenso de voltar aqui ao teu cantinho. Tudo de bom.
Beijinho grande*

Anónimo disse...

Porque as quiseste perder?

rose

BloodyMary disse...

Fecha os olhos [para que não te ardam as palavras que ficam presas à lâmina da saudade.]

moon between golden stars disse...

"Off-post"

Hoje só para desejar que o ano que se avizinha seja pelo menos 100000000000000000 vezes melhor que este! E que continues a aparecer...

Um abraço