quarta-feira, junho 08, 2005

CORTOU OS PULSOS

DOR NAO SENTIU.


SOB O
JACTO FRIO
DA TORNEIRA

O FRIO
ANASTECIA BEM

E AQUELES
LONGOS INVERNOS EM QUE PASSEARA A ALMA


TINHAM SIDO DUROS À SOBREVIVÊNCIA.

DOR NÃO SENTIU.

SÓ QUE A IDEIA , DO FIM LOGO ALI


NUM ESPAÇO DE TANTO AZUL, SOBREVEIO

UMA FOME DE SOL E CORPO
QUENTE.

AMARROU OS BRAÇOS COM
PANOS

DE TEXTURAS CERRADAS

E CERROU OS DENTES.

PARA DAR MAIS TEMPO
AO TEMPO.

ATRAVESSOU A AREIA E DEITOU-SE
ALI,

QUENTE E VERMELHA, JUNTO AO MAR,



A MARÉ, CHEIA,

MAS CHEIA MESMO
LEVOU-A.

É QUE JÁ
NEM O MAR A PODIA
ATURAR.

.
:

Miuxa Carvalhal







Sem comentários: