segunda-feira, fevereiro 21, 2005

[abre-me o dia]
[frente a frente com a grande janela]
[e sujeita-me à insensatez de não prescendir do que não é relevante]

Uma só coisa é necessária:
a solidão, a grande solidão interior.
Caminhar em si próprio e, durante horas,
não encontrar ninguém
- é a isto que é preciso chegar
Rilke

Sem comentários: