quinta-feira, janeiro 06, 2005



@ Sebastião da Gama




. e eu preciso de acreditar nisto .

3 comentários:

João Garcia Barreto disse...

Adorei este post. Não só pela veracidade da missiva escrita pelo poeta, mas, sobretudo, pela maneira como está exposta.

MONALISA disse...

Um beijo a uma hora tardia para agradecer a simpática visita.

Anónimo disse...

..e eu preciso desta presença.

--,-<@