terça-feira, setembro 21, 2004


Casa de Chá / Arq. A. Siza Vieira / Praia da Boa Nova / Leça da Palmeira


Sózinha,
como tudo em mim;
a casa debatando-se entre o mar e a rocha.
Entre o uivo do farol ali companheiro
E o grito passante de uma gaivota
....E se um dedo a empurra?
Terá ela força para se segurar?

1 comentário:

como a manhã disse...

Tens tu força para um caminho tão longo como o que leva a essa casa...