sexta-feira, setembro 17, 2004

Asas


Céus de Lisboa
@sombrArredia



Hoje as gaivotas não têm querer...o vento é que as comanda.

1 comentário:

João Garcia Barreto disse...

Bela imagem... "Uma gaivota voava, asas de vento, coração de mar... como ela somos livres de voar".